Título - ainda indefinido

13:00

https://goo.gl/8DNGx7

Em alguns momentos as coisas são mais difíceis do que o normal. Parece que as pequenas e grandes tarefas formam  um amontoadinho que se torna indivisível. Você sabe que talvez - e só talvez - dê para escrever cada coisa que precisa ser feita. Você sabe, ou acha que sabe, que dá para classificar por ordem de relevância; as coisas mais complexas primeiro. Mas tem certeza de que não irá conseguir. Falta alguma coisa, você sabe. As pessoas a sua volta continuam sorrindo, seus fones de ouvido tocando músicas que todo mundo acha legal e que você nunca ouviu falar sobre. E os olhares... comentários... São para você? São de você? Não tem como saber e isso te incomoda. Você não quer falar, explicar, sentir. E ao mesmo tempo, quer por para fora algo que não tem nome.

Tudo é lento e bagunçado.

Você dobra o papel vagarosamente e com uma delicadeza desnecessária. Tem medo que quebre. Você escreve, pensa, porém não entende. E não há nada para ser entendido. Não há nada para pensar sobre. Não há segredos ou caminhos. Você apenas está.



You Might Also Like

0 comentários

Top 3